Mudar de país: o que não te contam

19.11.2019

O que não te contam sobre mudar de país... 

 

 

Muita gente tem a fantasia de que a vida do lado de cá será um mar de rosas, mas mudar de país não é a mesma coisa que fazer uma viagem com a família. Não pense você que será bem recebido em todos os lugares que for - como acontece quando você chega em um hotel. Ou que as pessoas irão te preparar e te ensinar tudo com prazer - como um guia turístico faz numa viagem.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Quase ninguém fala sobre o vazio que fica depois que passa a empolgação inicial e a gente se lembra que deixou pra trás nossa família e todos os nossos amigos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E nem sobre a aflição que é não falar o idioma local e não saber o que as pessoas estão dizendo na rua. Uma simples ida ao supermercado torna-se um grande desafio, já que nem os rótulos dos produtos a gente consegue entender.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
“Ah, mas dá para se virar falando inglês” - dá, mas quem é que quer viver “se virando” por aí? E aprender um novo idioma leva tempo, requer paciência e muita perseverança.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Pouco se fala da batalha que a maioria de nós trava ao tentar entrar no mercado de trabalho, ao tentar convencer os empregadores que nós temos valor, que também somos capazes de ocupar uma vaga de emprego.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sobre os desafios de criar um filho em um país onde a cultura, o idioma, a comida, o clima e as pessoas são totalmente diferentes - como se criar um filho, por si só, já não fosse difícil o bastante.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E sobre o sentimento de não pertencimento que vai crescendo dentro da gente, quando nos deparamos com padrões irreais de pessoas que vivem no exterior e aparentemente levam vidas maravilhosas.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
“Ué, mas foi você que escolheu mudar de país, não foi?” - sim, o que não faz de nós inabaláveis. Aliás, vai ver que é por causa dessa pressão que quase ninguém fala sobre o lado ruim.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A real é que, ao mudar de país, a gente descobre que tem que voltar uns 100 passos para trás, tem que recomeçar tudo do zero, e renascer dói. Dói muito!
⠀⠀
Tem dias que a única vontade é a de empacotar tudo e ir embora, voltar para o lugar onde conhecemos tudo e todos, onde sabemos exatamente o que dizer às pessoas. Porque, convenhamos, é muito mais fácil lidar com o previsível.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E nesses dias difíceis você só vai conseguir pensar, com muita saudade, nos almoços de família - aqueles que você às vezes tinha até preguiça de ir. Vai lembrar também dos encontros com seus amigos de infância, do cafezinho que tomava com os amigos de trabalho...
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Tem dias que a gente equilibra bem todos os pratinhos, tem dias que a gente mal dá conta de segurar um sem deixar cair.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Mas sabe o que todos nós - quem ficou, quem se mudou, quem sonha em se mudar, quem está voltando - temos em comum? O fato de que haverá sempre um novo dia.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Não precisamos ser fortes o tempo todo, só precisamos ter força suficiente para colocar um passo na frente do outro e seguir em frente.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Nem tudo são flores, e nem tudo são dores.
 

Share on Facebook
Please reload

Posts em Destaque

Visto de permanência e cidadania austríaca

06.11.2018

1/3
Please reload

Posts Mais Recentes
Please reload

Siga a Gente
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
Nosso Canal
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Desde 2017 por Bruna Schaefer

Todos os direitos reservados